Innovation born on the seabed

Portuguese companies and brands that are betting on maritime resources as an economic asset for their business, and that they do it by way of innovation.

From minute 02:45 you can see an interview with Nuno Coelho, CEO at A4F.

Full article transcript and video below (in Portuguese):

 

Há empresas e marcas portuguesas que estão a apostar nos recursos marítimos como mais-valia económica para o seu negócio, e que fazem-no pela via da inovação.

A pensar num público cada vez mais preocupado com a qualidade e origem dos alimentos, e partindo do conhecimento científico e da consciência dos benefícios comprovados do consumo de algas, os biólogos da Alga Plus, por exemplo, aproveitaram a água e os nutrientes da ria de Aveiro para lançar a Tok de Mar, uma marca portuguesa de algas e produtos derivados para uso culinário. Produzidas num sistema de aquacultura sustentável, as algas desidratadas chegam já ao mercado internacional e, com outra marca própria, marcam também presença no campo da dermocosmética.

A cosmética é também uma das áreas de negócio da Alga Fuel, empresa que, apesar de ter como foco inicial a bioengenharia vocacionada para a instalação de unidades de produção de microalgas em grande escala para biocombustíveis, acabou por agarrar a possibilidade de produzir microalgas para outras aplicações, como suplementos alimentares, que chegam ao mercado através da marca Allma.

Através destes casos vamos ficar a perceber como o Mar português pode, de facto, ser uma plataforma única para a criação de negócios que fazem a diferença, não só no mercado nacional, mas também internacional.

Entrevista:

Helena Abreu – Co-Fundadora Alga Plus

Nuno Coelho – Fundador A4F Algae for Future

Sofia Mendonça – Gestora Desenv. Negócio Allma