Dec 2014 - Dec 2018

Amigos e inimigos do microbioma algal

Este projeto visa treinar 15 ESRs (investigadores e técnicos) dentro de um consórcio multinacional, ao mesmo tempo trazendo uma mudança científica para a compreensão destas interações, levando ao desenvolvimento de estratégias de produção de algas e de estratégias de biocontrolo. O ALFF aborda: (i) a identificação, taxonomia e utilização de simbiontes e patogénios de algas que ocorrem naturalmente; (ii) sinalização integrada intra-espécies e ecologia química em aquacultura, ambiente natural e sistemas simplificados (por exemplo, culturas axénicas e simbiontes); e (iii) aproveita técnicas genómicas, moleculares e bioquímicas de última geração para caracterizar essas interações. Uma equipa altamente interdisciplinar sustenta um ambicioso programa teórico, de campo, de trabalho prático e de investigação. Com o apoio de instituições de alto padrão, o ALFF prevê um leque excecionalmente amplo de iniciativas de divulgação e contacto para ajudar os decisores político e o público em geral a entender melhor as oportunidades e questões relacionadas ao uso sustentável dos recursos aquáticos e marinhos, na Europa e em todo o mundo.
O papel da A4F é treinar 1 ESR - Rumo ao controle de patogénios quitrídios em culturas industriais de Haematococcus sp.

Espécies de microalgas: Haematococcus sp.

Programa

HORIZON 2020

Budget

3.8 M€

Duration

48 months

Partners

SAMS (coordenador), Reino Unido

A4F Role

O papel da A4F neste projeto é investigar de forma holística a interação entre um patógeno recém-caracterizado, o quitrídio Paraphysoderma e o micro-valgo Haematococcus de alto valor, a fim de projetar estratégias de gerenciamento de doenças aplicáveis em um ambiente industrial.

Website

www.sams.ac.uk/Algal-doctorate-EU-Marie-Curie