Oct 2009 - Oct 2011

Crescimento de microalgas mixotróficas

A4F como Coordenador

A produção contínua de microalgas mixotróficas com fixação de dióxido de carbono e azoto foi desenvolvida pela A4F no âmbito do Sistema de Incentivos de I & D oferecido pelo QREN. A realização deste projeto envolveu a colaboração da Universidade Católica Portuguesa (UCP) e da InnoPhage, Lda como entidade subcontratada. O projeto ALGAPLEX teve como objetivo desenvolver processos de produção contínua de microalgas (24 horas) aproveitando seu (i) crescimento autotrófico com luz solar e incorporação de CO2 como fonte de carbono (ii) crescimento heterotrófico na ausência de luz com fonte de carbono orgânico (iii) e crescimento mixotrófico com a fixação de azoto molecular. Além disso, o projeto visava desenvolver uma tecnologia eficiente de fixação de gases de combustão através do cultivo de microalgas mixotróficas e ser uma prova de conceito para o desenvolvimento da tecnologia de aplicação de bacteriófagos para a mesma cultura de controle bacteriano.


Espécies de microalgas: Chlorella spp.Nannocloropsis sp.Nitzschia sp.Phaeodactylum sp.Scenedesmus sp. e Spirulina

Programa

QREN

Budget

Information Unavailable

Duration

24 months

Partners

Universidade Católica Portuguesa, Portugal

Innophage, Portugal

A4F Role

A A4F foi encarregada de desenvolver a produção contínua de biomassa sob condições autotróficas, mixotróficas e heterotróficas para espécies de microalgas selecionadas usando gases de combustão como fonte de CO2. As estratégias de proteção de cultivos culturais também foram testadas e desenvolvidas.

Website

Information Unavailable