mar 2021 - mar 2024

Estudo e aplicação do microbioma visando a maximização da produtividade de microalgas marinhas

O projeto PHYCOμBIOMA visa i) estudar o microbioma (tanto em nível ecológico quanto funcional) das microalgas marinhas N. oceanica e P. tricornutum quando cultivadas em águas naturais (do mar e estuarinas) ou nas instalações industriais da ALGATEC, em Portugal; ii) obter novas informações sobre os mecanismos envolvidos nas interações algas-bactérias; iii) desenvolver estratégias de co-inoculação para potenciar a produtividade de microalgas (biomassa e compostos bioativos) em condições industriais.
O plano de investigação inovador e multidisciplinar baseia-se na utilização e integração de várias técnicas ómicas (metagenómica, genómica, transcriptómica e metabolómica), bioinformática, microbiologia aplicada, bioprocessos e modelação.
Com este projeto esperamos obter uma nova solução sustentável para melhorar a produtividade das microalgas em condições industriais. A análise detalhada das interações microalgas-bactérias revelará novas informações sobre a base molecular e bioquímica das associações benéficas entre microalgas-bactérias. A integração dos dados obtidos levará ao desenvolvimento de novas estratégias inovadoras de co-cultivo que deverão potencializar a produtividade de microalgas (biomassa, PUFAs, carotenóides) em cerca de 20%.


Programa

FCT

Orçamento

275 K€

Duração

36 months

Parceiros

iBET - Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa
A4F Algae for Future

Papel da A4F

  • Análise do microbioma de N. oceanica e P. tricornutum cultivadas numa instalação de produção industrial de grande escala em Portugal
  • Estratégias de co-cultivo visando melhorar a produtividade de microalgas em instalações de produção industrial de grande escala

Site

Informação não disponível